O Waze me permitiu errar!

autoconhecimento Jan 04, 2018

Minha educação foi inteira baseada em ser acertivo, em pensar em todas as possibilidades, em não errar. Alías, ninguém gosta de errar. Na infância, erros causam broncas dos nossos pais, erros causam notas baixas nas escola. Na vida adulta, erros causam demissões nos empregos. Erros causam separações em relacionamentos.

Ao longo da minha vida eu fiz o meu melhor para não errar. Se eu errasse significava que eu tinha falhado, e por isso eu me policiava muito. O medo existia, mas muito mais voltado ao julgamento, tanto dos outros, como daquela voz dentro da minha própria cabeça. Eu não queria ouvir essa voz de maneira alguma.

Para mim sempre foi claro que ninguém erra de propósito. Por que alguém faria isso? Não faz sentido, não é mesmo?

Me percebia cada vez mais metódico. Na adolescência me tornei um "cdf". No trabalho isso me trouxe grandes êxitos e reconhecimentos de todas as formas. Na minha vida pessoal isso me vez mais robótico, mais frio. E eu não curti de maneira alguma essa pessoa que me tornei!

E foi por essa razão que há quase 10 anos comecei a errar. 
Percebia uma versão de mim mais relaxada, mesmo que de forma inconsciente. Passei por um processo de resgate profundo da minha própria essência, que tinha se perdido em algum lugar. Foram muitas ferramentas utilizadas: terapias, cursos, formações, viagens, plantas de poder.

Foram anos de exploração e muitas histórias que experenciei. Depois de muito trabalho reencontrei meu caminho. E tudo fez muito sentido quando percebi que essas experiências se pareciam de forma simplificada ao Waze. Sim, o Waze, aquele aplicativo para celular que utilizamos para nos levar no Ponto A ao Ponto B, da maneira mais eficiente possível, considerando todas as possibilidades possíveis e conhecidas: trânsito, acidentes, policia, congestionamentos, buracos, temperatura ambiente,

Foi quando, por um lapso, não prestei atenção nas instruções e errei o caminho. Antes de ficar irritado comigo mesmo, percebi um movimento quase que automático acontecendo no app... não ouvi uma bronca, ou uma reprovação por minha falta de atenção. Não recebi nenhuma punição. Houve simplesmente um recálculo de rota. Um novo caminho! Uma nova possibilidade! Tudo ia ficar bem!

E foi o meu movimento de seguir esse fluxo, esse flow que acontece nas nossas vidas, que percebi o pouco controle que realmente tinha sobre as coisas ao meu redor, e o quão prazeirosas se mostraram as surpresas nos meu caminhos "equivocados". Foram inúmeros os restaurantes que encontrei por "errar" o caminho. E as pessoas que conheci por conta da minha "imperfeição". Esses "erros" não poderiam ter sido mais perfeitos!

A possibilidade de recalcular nossa rota, independente do momento em nossas vidas é um grande presente. Jovem ou adulto, nunca é tarde de nos reconectarmos com nós mesmos, e nos permitirmos experimentar novas possibilidades, sem garantia alguma que dêem certo. Pode ser em um relacionamento, ou em um empreedimento. Não importa! Não gosta do seu trabalho. Pegou o caminho errado? Mude! Simplesmente vá em frente. Se não der certo, faça como o Waze e encontre um novo caminho!

Close

50% Completado

Me deixe te ajudar a (re)Descobrir sua Essência, Materializar seus Sonhos e a usar melhor o seu Tempo.

Receba somente conteúdos que façam sentido pra você.